terça-feira, 22 de abril de 2008

VIAGEM FLUVIAL

A Expedição Científica chefiada por Langsdorff estava inicialmente planejada para seguir por terra, a cavalo. No entanto, houve mudança de planos e, no seu diário de viagem, Hércules explica o motivo transcrevendo a carta que recebeu de Langsdorff.
Langsdorff mudando a trajetória da Expedição de terrestre para fluvial permitiu que Hércules conhecesse Álvares Machado e conseqüentemente sua filha Maria Angélica com quem se casaria cinco anos mais tarde.

Na época, Vila de São Carlos era o nome de Campinas.


Enquanto em São Carlos me entendia com um tropeiro, para o transporte de nossa bagagem a Cuiabá, recebi do Sr. Langsdorff carta em que me dizia:
"Já não vamos por terra para Cuiabá; para lá iremos por meio do rio, e embarcaremos em Porto Feliz. O Doutor Engler, de Itu, assegurou-me que os naturalistas ainda não exploraram esta rota, ao passo que vários deles, como os Srs. Martius e Spix, Burschell, Netterez, etc., já se valeram do caminho por terra. Venha a Porto Feliz, à casa do Sr. Francisco Álvares Machado e Vasconcellos, excelente pessoa, cujo conhecimento o Sr. Engler me favoreceu. Vou percorrer o sul da província e o Sr., enquanto isso, ajudado pelo Sr. Francisco Álvares, cuidará de aprestar as canoas e os víveres, assim como arrolará as tripulações".

Referência:
Viagem fluvial do Tietê ao Amazonas: pelas Províncias brasileiras de São Paulo, Mato Grosso e Grão Pará (1825-1829). Tradução de Francisco Álvares Machado e Vasconcellos Florence

2 comentários:

Luiz Eduardo Goulart disse...

Olá Franeto,

Estava tentando encontrar uma versão digitalizada do livro de seu tetravô, Hercule Florence, o "Viagem Fluvial do Tietê ao Amazonas", uma vez que o mesmo está esgotado e acabei parando no seu site.

Estou procurando esse livro porque os pais de minha tetravó eram os donos da Fazenda Jacobina, por onde passou a famosa Expedição Langsdorff e gostaria de saber mais a respeito dela. Coincidência não?

Se você por acaso tiver, e não se incomodar, uma versão digitalizada dele estaria muito interessado. Qualquer coisa entre em contato comigo pelo email luizeduardo@fazendastt.com

Grande abraço e parabéns pelo site!

Luiz Eduardo Goulart disse...

ATUALIZANDO: Depois que fiz este post no seu blog descobri que o livro está à venda pela Livraria do Senado Federal. Já encomendei um pra mim! :)

Abraços!